the optimistic

         (living in a glasshouse)

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

La Science des Rêves

Taí um filme que há anos queria assistir. Michel Gondry, Gael García Bernal e Charlotte Gainsbourg... Consegui assistí-lo final de semana passado. Pensando que não podia dar errado.



Pior que acho que deu.

O filme segue os encontros e os obstáculos que se colocam na vida de Sthephane ao se mudar do México para a França a convite de sua mãe. Não que a mudança seja problema, mas sua condição de sonhador (no limite extremo e não me estendo aqui para não causar spoilers) coloca problemas na resolução dos impasses cotidianos.

A ideia básica é excelente. Até imagino um processo de criação semelhante ao que Woody Allen descreve como sendo no livro "Conversas com" lançado pela Cosac Naif do Erik Lax: partindo as vezes de um fiapo de ideia, desenvolve-se todo um filme. Acredito que tenha sido o que aconteceu com o Gondry. Uma ideia que partia da produção dos sonhos e de sua formação, ambiente onírico e um relacionamento complicado (aliás, parece que relacionamentos complicados são para ele o que as crises de identidade são para a Sophia Coppola, não?). E para expressar esses elementos uma linguagem bastante interessante para os sonhos (a direção de arte é maravilhosa).

Mas, talvez, aí esteja aquele que, para mim, é o maior problema do filme: apostar na linguagem. Depois de meia hora de filme, a impressão que fica é que tudo o que acontece é uma grande desculpa para as cenas que se passam dentro da cabeça do Sthephane, bem como para a ambientação no espaço onírico. Depois de um, dois, três sonhos fica cansativo sem ter uma história que sustente tudo isso. O que era pra ser original, fica enjoativo e você termina se perguntando: "a que será que se destina"? Uma pena, pois brincar com os sonhos, um relacionamento complicado e, principalmente, a direção de arte produzida seriam ótimos ingredientes - para uma história sólida e instigante.

Marcadores: , , ,

The Optimistic - 23:39:00 0 comments


-:-:-

Eu.

Philipe

Campos - RJ

Ficção e não-ficção.


Leio:

Green Plastic
Omelete.
Cronicalidades.
Martini Seco.
Hel Looks.
Cafeína.
Cotidianidades.
Perto do Coração Selvagem.
Vida na Islândia.
Amor e Hemáceas.
Actions e Comics.

Recentemente:
|Algumas notas sobre música.|
|Go, Spidey!|
|A quem interessa o meu umbigo?|
|Tempo.|
|Se arrependimento matasse...|
|O Diário do Clima.|
|Não pense que te quero mal, apenas não te quero ma...|
|O criador e a criatura (não necessariamente nessa ...|
|Before Midnight (2013).|
|Narciso (?).|

Passado:
|| Dezembro 2005 | Janeiro 2006 | Fevereiro 2006 | Março 2006 | Abril 2006 | Maio 2006 | Junho 2006 | Agosto 2006 | Setembro 2006 | Outubro 2006 | Novembro 2006 | Dezembro 2006 | Janeiro 2007 | Fevereiro 2007 | Março 2007 | Abril 2007 | Maio 2007 | Junho 2007 | Julho 2007 | Agosto 2007 | Setembro 2007 | Outubro 2007 | Novembro 2007 | Dezembro 2007 | Janeiro 2008 | Fevereiro 2008 | Março 2008 | Abril 2008 | Junho 2008 | Julho 2008 | Agosto 2008 | Dezembro 2008 | Janeiro 2009 | Março 2009 | Maio 2009 | Agosto 2009 | Setembro 2009 | Outubro 2009 | Julho 2010 | Agosto 2011 | Novembro 2011 | Janeiro 2013 | Fevereiro 2013 | Março 2013