the optimistic

         (living in a glasshouse)

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Um floco de neve bonito e exclusivo.


Uma das piores frases que alguém pode dizer para mim, em qualquer situação, é: "não é só com você, sou assim com todo o mundo". Sempre, como complemento, ainda tenho de aguentar a expressão de dever cumprido, circunstâncias atenuadas no rosto do interlocutor. Sinceramente, preferia ouvir "o problema é em relação a você". Seria mais digno. Como alguém pode achar que generalizar e me incluir na multidão de anônimos coberta pelo "todo o mundo" me deixa "menos triste"? Acho no mínimo uma falta de senso! Não faço nenhum libelo ao desvio ou a idiossincrasia; apenas que estar no impessoal "todo o mundo" é doloroso. Muito mesmo.

Essa é uma daquelas expressões repetidas a esmo de maneira impensada e inconsequente. Não digo que jamais disse/jamais direi, mas mesmo inconscientemente isso não sai da minha boca. Primeiro lugar, por que ñao consigo pensar em absolutamente nada ou nenhuma situação em que diria isso; mesmo sendo fiel discípulo de Chuck Palahniuk e acreditando firmemente que ninguém é único e individual "um floco de neve bonito e exclusivo", a minha soma com cada pessoa resulta em um produto diferente. Isso sim é único e individual e minhas ações/relações/sentimentos dificilmente serão os mesmos. Depois, que, para mim, isso beira a uma certa crueldade... Se a situação é a mesma para todo o mundo, cadê o caráter especial do contato com o sujeito? Não há. Afinal, ele não apresenta relevo algum a ponto de receber considerações, pesos e medidas diferentes.

Vamos e venhamos, lá no fundo, quero ser o floco de neve bonito e exclusivo. Ou, pelo menos, acalentar essa esperança sem que ela seja arranhada.

Marcadores: , , ,

The Optimistic - 10:49:00


-:-:-

1 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Não somos especiais, nem estamos destinados à nada. Está na hora de acordar.

8:09 PM  

Postar um comentário

<< Home

Eu.

Philipe

Campos - RJ

Ficção e não-ficção.


Leio:

Green Plastic
Omelete.
Cronicalidades.
Martini Seco.
Hel Looks.
Cafeína.
Cotidianidades.
Perto do Coração Selvagem.
Vida na Islândia.
Amor e Hemáceas.
Actions e Comics.

Recentemente:
|Sobre se sentir meio arroz-com-feijão. (Ou meio pe...|
|Tempo, espaço e espaço-tempo.|
|Daquelas coisas que a gente não entende|
|caio f.|
|we are accidents waitting to happen.|
|all we need is love (?).|
|Uma fome sem fim.|
|VDA - Viciados em Drama Anônimos (ou Fazendo a Amy...|
|- explosão! - (ou falta de tesão mesmo).|
|(Falta de) Razão e (In)Sensibilidade.|

Passado:
|| Dezembro 2005 | Janeiro 2006 | Fevereiro 2006 | Março 2006 | Abril 2006 | Maio 2006 | Junho 2006 | Agosto 2006 | Setembro 2006 | Outubro 2006 | Novembro 2006 | Dezembro 2006 | Janeiro 2007 | Fevereiro 2007 | Março 2007 | Abril 2007 | Maio 2007 | Junho 2007 | Julho 2007 | Agosto 2007 | Setembro 2007 | Outubro 2007 | Novembro 2007 | Dezembro 2007 | Janeiro 2008 | Fevereiro 2008 | Março 2008 | Abril 2008 | Junho 2008 | Julho 2008 | Agosto 2008 | Dezembro 2008 | Janeiro 2009 | Março 2009 | Maio 2009 | Agosto 2009 | Setembro 2009 | Outubro 2009 | Julho 2010 | Agosto 2011 | Novembro 2011 | Janeiro 2013 | Fevereiro 2013 | Março 2013