the optimistic

         (living in a glasshouse)

terça-feira, 24 de junho de 2008

Entre Lily Allen e outras coisas.


Pensando em como escrever o que quero escrever... Voltei a escrever ficção. No meio de uma aula qualquer, arranquei uma folha do caderno e destilei minhas segundas intenções. Resolvi escrever sobre decadência, que ainda desconheço. Talvez, por isso parei sentindo falta de algo que nem sei o que é (ou que nem sei o que sou? philipe no país da conjugação dos verbos). To sentindo a minha vida dar um movimento e seguindo a tendência de ciclos, me envolvo em uma espiral que dia mais, dia menos vai me enforcar! Espirais e não círculos. Tendências cíclicas, mas sempre diferentes. To voltando a me sentir mais ou menos como uns três anos atrás. Não sei se é bom ou se é ruim. Pelo menos é o fundo da cartola: quentinho e confortável: eu já conheço: e do que já se conhece, pouco medo se tem. Outro dia resolvi descobrir Lily Allen. Apaixonei, ok. Que chega uma hora que a gente cansa de fazer a Amy Winehouse e quer bicicletas e girassóis. Não, não acho que levo a vida a sério demais. E agora busque desesperado por leveza. Sempre fui leve. Apenas busco significado na era fast food. Significado para quê? Outro dia li por aí que de conteúdo o rio Tietê está cheio. Ri absurdos. Eu sei que está. E nem por isso me furto de adquirir em mim qualquer coisa a mais, refletir em qualquer ponto além. Talvez, esteja longe, longe, em outra estação. Mas é nela que fico, pouco importa o que digam. No final, resta eu. Cuidando de mim mesmo. Quem agüenta meu estado de espírito sempre tão perto desse coração selvagem que nem sei o que é (quem sou?)?

Marcadores: , ,

The Optimistic - 21:51:00 1 comments


-:-:-

quarta-feira, 4 de junho de 2008

Pérsio & Santiago

Sem entender muito bem os motivos e, na verdade, fugindo de qualquer busca por motivos, voltei a ler "Pela Noite". Havia lido pela primeira vez há pouco mais de um ano atrás, numa madrugada particularmente solitária de janeiro de 2007. Ocasião em que vaguei perdido, porém absordo, noite adentro, junto com os heróis (mitológicos ou reais?) de Caio. Voltei-me a eles e ainda assim nao cheguei ao final.

Desde o prmeiro soco no estômago segui valente por entre os encontros e desencontros de Pérsio e Santiago. Até esbarrar em certo ponto em que doeu demais. Parei ali. Confesso despudorado: invadiu-me o medo a medida que me aproximava das últimas páginas. Tive medo de sorrir mais uma vez com o sol daquela manhã reveladora que se descortinou no último paragráfo. Medo de sentir esperança. Mais uma vez. Reflexos de um desejo incontido? Não sei. O livro rosa voltou para a estante e eu finjo que não sei do final. Não, não quero saber.

Talvez, porque deveria ser mais Pérsio. Inconseqüentemente verdadeiro no que diz e muito menos Santiago - contido & reservado. Inveja? Talvez. Que sempre percebi em mim a necessidade de esconder emoções e transmutá-las em simbolismos e coisas veladas, que não sei trabalhar muito bem com a necessidade de expressá-las senão por palavras escritas. E assim mesmo veladas. Prefiro o silêncio. Que volta e meia me sinto seguro para me libertar, mas acontece algo para me lembrar de ser Santiago. Há coisas que gostaria de dizer, mas são difíceis de sair e percebo aí uma tendência: de me vestir de Santiago por longo tempo.

Marcadores: , ,

The Optimistic - 20:49:00 0 comments


-:-:-

Eu.

Philipe

Campos - RJ

Ficção e não-ficção.


Leio:

Green Plastic
Omelete.
Cronicalidades.
Martini Seco.
Hel Looks.
Cafeína.
Cotidianidades.
Perto do Coração Selvagem.
Vida na Islândia.
Amor e Hemáceas.
Actions e Comics.

Recentemente:
|Algumas notas sobre música.|
|Go, Spidey!|
|A quem interessa o meu umbigo?|
|Tempo.|
|Se arrependimento matasse...|
|O Diário do Clima.|
|Não pense que te quero mal, apenas não te quero ma...|
|O criador e a criatura (não necessariamente nessa ...|
|Before Midnight (2013).|
|Narciso (?).|

Passado:
|| Dezembro 2005 | Janeiro 2006 | Fevereiro 2006 | Março 2006 | Abril 2006 | Maio 2006 | Junho 2006 | Agosto 2006 | Setembro 2006 | Outubro 2006 | Novembro 2006 | Dezembro 2006 | Janeiro 2007 | Fevereiro 2007 | Março 2007 | Abril 2007 | Maio 2007 | Junho 2007 | Julho 2007 | Agosto 2007 | Setembro 2007 | Outubro 2007 | Novembro 2007 | Dezembro 2007 | Janeiro 2008 | Fevereiro 2008 | Março 2008 | Abril 2008 | Junho 2008 | Julho 2008 | Agosto 2008 | Dezembro 2008 | Janeiro 2009 | Março 2009 | Maio 2009 | Agosto 2009 | Setembro 2009 | Outubro 2009 | Julho 2010 | Agosto 2011 | Novembro 2011 | Janeiro 2013 | Fevereiro 2013 | Março 2013