the optimistic

         (living in a glasshouse)

sexta-feira, 21 de abril de 2006

E quem filma minha vida é...

Woody Allen
Your film will be 58% romantic, 42% comedy, 26% complex plot, and a $ 26 million budget.
Be prepared to have your life story shot entirely in New York City -- though lately Woody's been loving shooting in London. Also, your music soundtrack is all jazz from before 1949. Filmography: Annie Hall, Manhattan, Stardust Memories, Everyone Says I Love You, etc. Woody has released one film per year consistently for the past 35 years. For the past 15 years he's been trying to make films like his older, funnier ones, just like characters in his Stardust Memories film suggest throughout. Regardless of his personal life, his films are American classics.

Prefereria a Sofia Copolla. =/

The Optimistic - 12:04:00 0 comments


-:-:-

domingo, 16 de abril de 2006

Inconsistência da Solidão.

Nesses momentos em que a necessidade de contato se faria preemente me pego numa necessidade descabida e mais urgente que nunca de solidão. Não necessito nem mesmo de um grão de areia para crescer algo dentro de mim. Necessito de um vasto e grande deserto vazio de tudo o que poderia me guiar. Necessito e necessito. Talvez no vazio consiga reafirmar alguém. Sabe quem? Eu, eu mesmo.

No final, redunda em inconsistência o primeiro parágrafo. Existe a necessidade de um contato, direcionado e específico, no qual sou bem recebido. Torna-se um vício, uma dependência. Não esqueço quando me disse que estava a se tornar dependente de mim. Ora bolas, eu também já o era, agora ainda mais. Não sei se isso vai necessariamente acabar bem. E sabe como é "não acabar bem"? Simplesmente acabar.

The Optimistic - 23:54:00 0 comments


-:-:-

Tolerância Zero (The Believer, 2001).


Começando do começo, vamos ao título. Tolerância Zero é uma escolha fácil e muito ampla como título. Diz tudo e ao mesmo tempo diz nada. E ainda por cima é inconsistente: Danny, a personagem principal, não possui tolerância zero (vide o respeito por objetos sagrados judaicos). O título original, entretanto, é bastante adequado e duplo: ele é crente. Porém no quê? No judaísmo ou no nazismo?

Em linhas gerais "Tolerância Zero" trata de mostrar a história de um garoto judeu que quando estudante questionava bastante a doutrina de sua religião e acaba terminando por se tornar um neo-nazista pregador da extermínio de judeus como salvação para o mundo. Há tempos que parei com a mania de escrever sobre os filmes que assisto, porém esse me deixou com pulguinhas atrás da orelha.

Não sei se tratou-se de algo intencional ou não, porém achei vísivel a diferenciação entre as duas "organizações" presentes no filme. Ambas possuíam (de modo geral) os mesmos objetivos, no entanto baseadas em premissas de ação diametralente opostas. Enquanto a organização dos intelectuais parecia ser um movimento baseado em argumentos racionais e propostas com embasamento científico para suas ações práticas, a segunda "organização" baseava-se no puro ódio sem reflexão sobre si mesmo, uma vontade cega (?) por extermínio. Um claro (?) embate entre racionalismo e irracionalismo. Isso acabou me soando como o desenrolar dos movimentos sociais e da própria produção acadêmica nos dias de hoje: o irracionalismo se infiltrando cada vez mais e sendo aceito sem maiores questionamentos.

A peça de ligação entre as duas organizações parece ser mesmo a própria personagem principal que transita entre os dois "mundos" (que são sim as faces opostas da mesma moeda), ora pendendo para o "intelectualismo" ora para a pura bárbarie. No entanto, é notável que a única ação (óbvia e totaltamente questionável) parte apenas da organização "irracional", enquanto os "intelectuais" se emuravam em meras discussões. E mais: os "irracionais" nem mesmo se preocupam em justificativa para suas ações (o que não deixa de acabrunhar a personagem principal). Quando essa questiona seus companheiros sobre o ódio aos judeus, agurmentando que ele sim possui razões para o ódio, já que estuda os judeus, possui como resposta um mero: "eu os odeio tanto quanto você".

O trânsito de Danny parece demonstrar a divisão de suas idéias. Ele entende a necessidade do estudo, do embasamento teórico para a práxis, mas ao mesmo tempo reconhece suas limitações e vê na ordem caótica de seus outros amigos a resposta rápida e eficaz para suas necessidades de ação concreta.

Talvez, haja uma fragilidade em meus argumentos a partir do momento que se configurem em falácia os argumentos dos fascistas "intelectuais" e se tornando tão irracionais quanto os argumentos dos facistas "sangüinários". Sinceramente, não sei.

A verdade que todo o filme me soou não apenas um retrato do ideário pós-moderno irracional no que diz respeito a uma substituição da racionalidade por irracinalidade quanto na sua própria constituição "aberta". Afinal, quem tem a interpretação correta para a personagem principal e sua crise de identidade? Interpretações? Muitas, muitas. Tem o final completamente em aberto e por aí vai.

Ou no final das contas vai ver que só eu que pensei demais (ou errado) sobre uma coisa simples e encerro aqui minha cota de bobagens do dia, hehehe.

Para maiores informações clique aqui.

The Optimistic - 23:29:00 0 comments


-:-:-

Eu.

Philipe

Campos - RJ

Ficção e não-ficção.


Leio:

Green Plastic
Omelete.
Cronicalidades.
Martini Seco.
Hel Looks.
Cafeína.
Cotidianidades.
Perto do Coração Selvagem.
Vida na Islândia.
Amor e Hemáceas.
Actions e Comics.

Recentemente:
|Algumas notas sobre música.|
|Go, Spidey!|
|A quem interessa o meu umbigo?|
|Tempo.|
|Se arrependimento matasse...|
|O Diário do Clima.|
|Não pense que te quero mal, apenas não te quero ma...|
|O criador e a criatura (não necessariamente nessa ...|
|Before Midnight (2013).|
|Narciso (?).|

Passado:
|| Dezembro 2005 | Janeiro 2006 | Fevereiro 2006 | Março 2006 | Abril 2006 | Maio 2006 | Junho 2006 | Agosto 2006 | Setembro 2006 | Outubro 2006 | Novembro 2006 | Dezembro 2006 | Janeiro 2007 | Fevereiro 2007 | Março 2007 | Abril 2007 | Maio 2007 | Junho 2007 | Julho 2007 | Agosto 2007 | Setembro 2007 | Outubro 2007 | Novembro 2007 | Dezembro 2007 | Janeiro 2008 | Fevereiro 2008 | Março 2008 | Abril 2008 | Junho 2008 | Julho 2008 | Agosto 2008 | Dezembro 2008 | Janeiro 2009 | Março 2009 | Maio 2009 | Agosto 2009 | Setembro 2009 | Outubro 2009 | Julho 2010 | Agosto 2011 | Novembro 2011 | Janeiro 2013 | Fevereiro 2013 | Março 2013